De Salto Alto: happy hour e moda anos 60 e 70.

Foto: Alícia Uchôa 
 
 Brechós têm happy hour e até teatro

Em Copacabana, numa galeria recheadas de brechós com objetos de decoração, móveis e obras de arte, o De Salto Alto se destaca pelo aspecto moderno de suas peças antigas e se tornou tão cult que tem até happy hour semanal. O forte são os figurinos dos anos 60 e 70, mas também tem luminárias, aparelhos de rádio e telefone, chapéus, além de discos de vinil.

"Atendemos desde a garotada, que vai em festas temáticas, a estudantes de moda, gente de bandas de rock e de teatro. É um parque temático", brinca Pantera, que também é figurinista e, além de vender, aluga e produz peças.

Em Laranjeiras, o tradicional O Passado Me Condena mudou de nome e de lugar e virou Desculpa, Eu Sou Chique. E é mesmo. Brinquedos como o clássico dos anos 80, Gênius, sofás coloridos e muitas roupas. Entre elas um paletó Kenzo de R$ 380.

"Com esse conceito da Angelina de promover a junção do passado e o presente, você resgata um registro de época. Não é firula, é quase um trabalho arqueológico", exagera o empresário Sávio Silva, que se inspirou com a grande freqüência de figurinistas, cenógrafos e diretores de arte e transformou o segundo andar em sala de teatro.

Fonte:Alícia Uchôa Do G1, no Rio



Agora o Windows Live Spaces tem rede de amigos! Clique aqui e descubra a novidade

Chesller Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário