Violência homofóbica em Campinas

 

Camp Chopp: homofobia sem limites

  
Até quando vamos tolerar estabelecimentos homofóbicos?

O post de hoje não é nada agradável. Noite passada, um jovem gay foi agredido dentro de um bar, aqui em Campinas, por um dos seguranças do próprio estabelecimento. O motivo? Estava entrando de mãos dadas com o namorado e não quis separar as mãos. Levou uma garrafada na cara.

Tem cabimento? O bar, todo mundo conhece: é o Camp Chopp, que fica ali na praça Bento Quirino, ao lado do Jockey. Isso, bem ali na "praça gay" de Campinas. E não é a primeira vez que esse estabelecimento trata com homofobia seus clientes homossexuais: eu mesmo já fui hostilizado no local por trocar beijos com meu namorado e até a Lohren Beauty já teve que chamar o gerente (e bater boca com ele) por causa de um garçom que se recusava a nos atender. O bar é notoriamente homofóbico, apesar de (ou justamente por) ficar num espaço notoriamente gay.

Camp Chopp: o bar homofóbico de Campinas

Os garçons dos bares ali da região acham que, por já existir um bar "gay" na praça, o Sucão (que nem é gay, mas foi ocupado pelos gays - e isso já dá ouuutra história), "lugar de gay é ali, não no meu bar". Não sei se isso é alimentado pelos donos, mas deve ser. Frequentemente clienters gays e lésbicas são enxotados de outros estabelecimentos da praça e ordenados que permaneçam "no Sucão, onde é o lugar de vocês". Não vejo proprietários recriminando isso.

Tinha tudo pra dar merda - e ontem deu.

Resumindo: o menino, Jhonatan, ficou caído numa poça de sangue, desmaiado e tendo convulsões, e o barraco estava armado. O segurança correu pra dentro do bar, as gay correram atrás, o SAMU não chegava, veio o Resgate, veio a polícia, mesas e cadeiras voaram, rolou spray de pimenta pra todo mundo. No fim, prenderam o segurança. E o Jhon foi levado para o hospital, onde permanece, já fora de perigo.

Jhonatan, a vítima da vez: quantos mais??

Agora é ver se isso vai ficar assim, por isso mesmo, ou se essa impunidade desse (e de outros) estabelecimentos homofóbicos vai acabar. Lohren já me disse que o E-JOVEM vai acompanhar.

E cadê o PLC 122/06 que não é aprovado, pra tornar a homofobia logo crime duma vez? Quantos Alexandres e Jhonatans terão que morrer?

Vou deixar vocês com o desabafo que o primo da Lohren, Caíque, amigo da vítima e que estava na cena, postou no twitter:

"Ontem um segurança do CAMP CHOPP deu uma garrafada num amigo meu de 17 ANOS! É uma vergonha tanto PRECONCEITO! Ele acabou desmaiando e perdeu muito sangue, pois rasgou a cabeça dele. É uma vergonha esse tipo de atitude! SAMU levou MAIS DE 30 minutos! E o pior de tudo, chega a polícia já gritando e jogando spray de pimenta. Hoje ele está bem, está se recuperando. Mas até QUANDO temos que morrer pra mostrar pros FILHA DA PUTA dos governantes QUE GAY NÃO É BICHO! Ou será que estão esperando o extermínio das gays pra POR NO JORNAL "Gay está em EXTINÇÃO"? Não somos animais! SOMOS SERES HUMANOS E TEMOS DIREITO DE VIVERMOS BEM NUMA SOCIEDADE ONDE TUDO É PADRÃO. QUE PENA! Não temos que IMPLORAR por direitos. Quando acordarmos pra vida iremos ver que SOMOS MENDIGOS de presidentes e vereadores."

É isso aí. Vamo acordar. E o pior é que enquanto uns poucos lutam contra a homofobia, a maioria só quer saber de fervo...


Não tinha com quem conversar sobre Juventude, Política, Jornalismo, Educação e Cultura LGBT? Agora tem: http://decoribeiro.blogspot.com

 


O INTERNET EXPLORER 8 DÁ DICAS DE SEGURANÇA PARA VOCÊ SAIBA MAIS!

Lohren Beauty

Nenhum comentário:

Postar um comentário