São Paulo terá Curso de Moda Gratuito

O Coletivo Freguesia Fashion surgiu a partir de um grupo de amigos que tinham em comum a convivência com a drag queen Lohren Beauty.

Lohren, desde de cedo, aprendeu a costurar e, desde que se descobriu drag, ela mesmo criava e produzia as próprias roupas.

Mais que isso, Lohren sempre buscou métodos alternativos de produção como a customização (transformar uma peça comercial em outra, com toques mais pessoais) e o Upcycling (transfomar uma peça velha ou estragada em outra nova), além de trabalhar com retalhos e tecidos não-convencionais.

Nós, que sempre a víamos realizando seu trabalho, nos admirávamos com a beleza das peças e queríamos fazer igual - e Lohren ensinava.

Foto de uns dos desfiles realizado pelo Coletivo Freguesia Fashion
Dessas aulas informais, surgiram cursos variados e eventos como bazares e desfiles. Antes que percebêssemos, éramos amigos reunidos em torno da moda, trazendo mais amigos a este nosso universo.

E com isso foi criado o projeto Costurando Vidas que acontece no espaço do coletivo.


Neste projeto, jovens vão aprender a customizar, estampar e costurar roupas. Ao criar uma coleção, vão se basear em suas histórias de vida. Ao desfilar suas criações, contarão essas histórias. Arte costurando vidas. 

Cada um tem sua História
Os jovens se deparam, desde cedo, com uma vida repleta de vulnerabilidades e desafios. Tradicionalmente, viver afastado da região central leva as pessoas não só a uma periferia geográfica, mas também a uma marginalidade social, no sentido de ver seus direitos sociais à margem do que seria ideal. Falta de recursos, de investimento em infraestrutura, de opções de cultura e lazer muitas vezes são o suficiente para um desenvolvimento humano abaixo da média. Junte a isso questões ligadas à vivência da juventude, da negritude, de mulheres e LGBTs e estão colocados os desafios que muitas vezes podem parecer insuperáveis. Podem fazer um jovem se fechar em si mesmo ou se ver em meio a episódios de violência, como alvo ou agente. 

Sua História é a costura de suas histórias
O Projeto Costurando Vidas propõe a quebra desse círculo vicioso. Está mais que comprovado que oferecer ferramentas e espaços para que esse jovem se expresse da forma que desejar contribui para o empoderamento e o aumento da autoestima, levando até a uma produção cultural que pode vir a ser rica para a sociedade no qual este jovem se insere e até a toda a sociedade. E, quando pensamos em inserção cultural, quase sempre vem à mente a música, a dança, o teatro, o grafite, o audiovisual... 

Sim, Moda é CULTURA. 
E esta cultura precisa de você, SEJA UM APOIADOR - https://apoia.se/costurandovidas

Chesller Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário